Por que contratar um projeto de Engenharia Civil?

By 23 de setembro de 2019Curiosidades, Outros, Projetos

Quando nos sentimos doentes, logo corremos para um médico. Se o dente começa a doer, logo estamos em um dentista. Caso surja algum problema com a justiça, contratamos um advogado o mais rápido possível. Da mesma forma deveria ser quando pensamos em construir, ampliar ou reformar a casa: contratarmos logo o profissional responsável pela área, no caso, um Engenheiro Civil. Porém, quem nunca ouviu um “conheço um pedreiro muito bom, ele fez ‘alguma obra’ e nunca teve problemas” ou “Fulano é mestre de obras, ele faz pra você e sai bem mais barato”. Essas são frases muito comuns no dia a dia de quem está pensando em construir, mas, muitas vezes, o barato pode sair caro!

Muitos anos de experiência com execução de obras conferem sim um bom conhecimento sobre a atividade exercida, porém existem muitas vantagens ao se contratar um projeto de engenharia civil para sua casa ou estabelecimento.

Primeiro, podemos ressaltar que, para dar início a alguma construção, é necessário que se tenham os projetos regularizados na prefeitura de sua cidade e devidamente assinados por profissionais que possuam registro no CREA – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – em mãos, caso contrário, a construção não terá alvará para ser executada e correrá o risco de ser embargada ou até demolida. Além disso, esses projetos são necessários por existirem inúmeras regras que precisam ser cumpridas, presentes na Lei de Uso e Ocupação do Solo de cada município. Em caso de obras de ampliação e reforma, o maior risco que se corre ao não possuir uma obra regularizada são as multas aplicadas pela prefeitura caso o que há construído não corresponda com o que se tem em projeto.

Um segundo ponto que podemos destacar, é que a formação de um Engenheiro Civil e a experiência de um pedreiro conferem vantagens totalmente diferentes à obra: apesar de toda a experiência, não se pode exigir de uma pessoa que não cursou Engenharia Civil saber dimensionar corretamente os elementos estruturais de uma residência – que são, na maioria das vezes, as fundações, as vigas, os pilares e as lajes, elementos vitais para qualquer construção. O que acontece frequentemente quando não se tem um projeto estrutural é o superdimensionamento da estrutura – isto é, uma estrutura com dimensões muito além das necessárias –, o que, apesar de não cair ou não parecer um grande problema gera um custo muito elevado, principalmente oriundo dos materiais de construção. Por outro lado, um caso ainda mais grave pode ocorrer se a estrutura for subdimensionada, isto é, projetada com dimensões menores que as necessárias, oferecendo um risco elevado de ruína para a edificação. Além disso, com um projeto estrutural, podem-se prever modificações futuras, já “preparando” a residência para possíveis ampliações.

Mal posicionamento de pilares, algo que pode ser evitado ao se ter um projeto.

Com relação à aprovação do projeto, em residências a partir de 100 m² são exigidos pela prefeitura os projetos complementares que são os projetos elétrico, hidrossanitário e estrutural, enquanto o projeto obrigatório, independentemente da área construída, é o projeto arquitetônico. Além do que já foi dito sobre o projeto estrutural, ter os projetos elétrico e hidrossanitário também é de fundamental importância,  uma vez que, caso essas instalações sejam mal projetadas, a residência estará sujeita a sobrecargas ou falhas no sistema elétrico e vazamentos de água ou esgoto nos componentes hidráulicos, gerando risco da proliferação de fungos (mofo), e até riscos maiores como o contato da água com elementos elétricos, móveis e revestimentos, podendo danifícá-los.

As vantagens de ter um projeto não param por aí: a visão de um engenheiro sobre a obra pode trazer muitos benefícios, como o melhor posicionamento da construção no terreno, uma residência mais econômica nos quesitos água e energia, maior aproveitamento da luz solar e da ventilação natural – gerando um excelente conforto térmico – e até o posicionamento estratégico de tomadas dentro da casa, evitando dores de cabeça na utilização de equipamentos elétricos. Todos esses pontos, com o intuito de proporcionar um local mais agradável e confortável para viver.

A união dos projetos resulta em uma construção completamente integrada, preparada para o tempo.

A contratação de projetos realizados por pessoas capacitadas para atender sua necessidades não deve ser visto como um gasto, mas sim como um investimento, visto que nosso lar é o local onde buscamos conforto e tranquilidade, não desejando que sempre haja um problema novo para se resolver. Construir algo é personificar um sonho, não deixe que esse sonho se torne um pesadelo, contrate um Engenheiro Civil!

                        Já conhece nossos serviços? Entre em contato conosco!

Leave a Reply